Gestão Ambiental na Construção Civil

A Gestão Ambiental é um conjunto de medidas que reduz e controla os impactos produzidos por um empreendimento ao meio ambiente. A Construção Civil é reconhecida como grande geradora de impactos ambientais tanto pelo consumo de recursos naturais e modificação da paisagem quanto pela geração de resíduos. E um dos principais desafios deste setor é o que trata da correta destinação dos resíduos em canteiros de obras. Uma excelente abordagem para modificar este panorama é o treinamento e a capacitação de todas as pessoas envolvidas no seu empreendimento. Além disso, medidas simples podem ser previstas na fase do planejamento e colocadas em prática no canteiro, como redução de desperdícios, reutilização dos materiais no próprio canteiro de obras, encaminhamento dos resíduos para reciclagem por meio de transportadores credenciados e despejo em áreas destinadas para este fim.

O cumprimento das normas técnicas e a aquisição de certificações também contribuem para a conscientização da mão de obra, melhora nas condições de limpeza do canteiro, maior organização da obra, diminuição dos acidentes de trabalho e redução do consumo de recursos naturais. Várias são as Normas Técnicas que se debruçaram sobre este tema no intuito de melhorar a relação entre obras, resíduos e meio ambiente.

Veja o que determina o PBQP-H (Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat), por exemplo, em sua última edição em 2012 no anexo II conforme texto do requisito 7.1.1 – Plano da Qualidade da Obra definição dos destinos adequados dados aos resíduos sólidos e líquidos produzidos pela obra (entulhos, esgotos, águas servidas), que respeitem o meio ambiente e estejam em consonância com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal 12.305/2010) e com as legislações estaduais e municipais aplicáveis”. O governo está preocupado com a destinação do entulho. E você deve, de acordo com a norma, procurar empresas que deem** a destinação correta para este lixo.

Coletores de resíduos

É importante planejar o descarte correto de resíduos prevendo a proximidade dos destinatários para minimizar custos de deslocamento, áreas específicas para a concentração de resíduos mais problemáticos, reaproveitamento dentro da própria obra, transformação e reciclagem. Para isso, é importante ter coletores,  ou seja, agentes que devem remover os resíduos para os locais de destinação e cumprir rigorosamente as normas. A conscientização de toda a mão de obra favorece a empresa como um todo e é de suma importância para a promoção de outras ações que visem ao desenvolvimento sustentável.  Resíduos passíveis de destinação:

  • alvenaria e concreto
  • gesso
  • madeira
  • papel
  • metal
  • plástico
  • solo

Organização no canteiro de obras

Circular pela obra sistematicamente para localizar possíveis sobras, como sacos de argamassa contendo apenas uma parte do conteúdo inicial, blocos que não foram utilizados, conduítes com medida suficiente para reutilização etc., resulta em economia, já que não há a necessidade de transportar resíduos para o acondicionamento. A organização evita desperdícios na utilização e na aquisição dos materiais.

Impacto ambiental

O impacto ambiental também é outro sério desafio que deve ser visto com cuidado. Evitar a degradação das áreas de manancial e de proteção permanente, o assoreamento de rios e córregos, a obstrução dos sistemas de drenagem e a ocupação de vias e logradouros públicos por resíduos deve ser uma preocupação constante da construção civil para que se tenha um crescimento sustentável e que beneficie a todos.  

Importe-se com o meio ambiente

A construção civil é uma área que proporciona muitos lucros, porém gera uma grande quantidade de resíduos. Por isso, a reciclagem vem se consolidando como uma prática importante para a sustentabilidade, seja no que diz respeito ao impacto ambiental gerado seja na redução dos custos. A m2obras, ciente da responsabilidade do setor e preocupada com a saúde do planeta, desenvolveu um software de gestão que auxilia o cliente do planejamento à execução, além disso segue todas as (boas) práticas definidas pela legislação e possui várias certificações, como a ISO, xxxx entre outras. Além disso, desenvolve uma política de compra responsável, sugerindo fornecedores certificados para assegurar a qualidade dos materiais adquiridos.

Entre em contato com a m2obras e tenha a certeza de tranquilidade e profissionalismo na sua obra.